E-social Simplificado

 

Na ultima terça-feira (09 de Julho) o Secretário Especial da Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, afirmou que o e-social estará disponível até Janeiro de 2020.
A partir de então, será substituído por outros dois sistemas simplificados e específicos.
Um para Trabalho e Previdência e outro para Receita Federal

Segundo Bruno Dalcomo, Secretário de Trabalho, os novos sistemas serão simplificados e não serão mais necessários a mesma quantidade de informações das empresas.
Serão retiradas informações, como título de eleitor, número da carteira de identidade, informações de saúde e segurança do trabalho entre outras.
Informações como, folha de pagamento, comunicação de acidentes de trabalho, rais, caged e férias e mais algumas, ainda serão exigidas.

O secretário afirmou também, que até o final do ano de 2019 o e-social será simplificado e só em Janeiro de 2020 entrará em vigor o novo sistema.

As micro e pequenas empresas não precisarão aderir ao E-social nos próximos seis (06) meses e ingressarão diretamente no novo sistema no próximo ano.
Aquelas que implantaram o sistema não serão prejudicadas com as mudanças, elas irão respeitar os investimentos já feitos.
O governo disponibilizou em seu site, como vai modernizar o sistema:
https://portal.esocial.gov.br/noticias/governo-vai-modernizar-o-esocial